POETA ZÉ DE CAZUZA LANÇA LIVRO EM CAMPINA GRANDE-PB

Na noite do dia 16 de abril, no Restaurante Mororó, o poeta iluminado Zé de Cazuza (O HOMEM GRAVADOR) lançou o livro POETAS ENCANTADORES, que já está na sua 3ª edição. Ao lado de seus filhos Miguel Marcondes, Luiz Homero (VATES e VIOLA), Felisardo Moura e Arlindo Cazuza, o poeta Zé de Cazuza encontrou com vários amigos, colegas poetas e parceiros de trabalhos, foi uma noite cheia de declamações, musicalidade, poemas e recitais. Parabéns a todos que estavam prestigiando esse evento, e aos nossos colaboradores.

(Mais fotos no orkut do CLUBE DO REPENTE)

Postagem: Robério Vasconcelos

4 Resposta(s) para "POETA ZÉ DE CAZUZA LANÇA LIVRO EM CAMPINA GRANDE-PB"

  1. Helena says:
    18 de abril de 2010 21:59

    hehehehe...Até que fim!!!! kkkk
    Agora falta as fotos das outras duas cantorias, né?!
    Abraço.

  2. Robério Vasconcelos says:
    18 de abril de 2010 22:21

    Amiga Helena, as fotos das duas cantorias recentes estão com o fotografo, em breve irei receber e postarei, ok?
    Abraço e obrigado pelos contatos.

  3. BOOM,TRIUNFO,BOOM! says:
    19 de abril de 2010 07:45

    Lutar pelos nossos valores é muitas vezes uma batalha sofrida, mas movimentos como esses liderados pelo Clube do Repente nos dão cada vez mais força para prosseguir lembrando que ainda há beleza no mundo.
    Parabéns Guerreiros da Cultura!

  4. Helena says:
    21 de abril de 2010 01:03

    Gostaria de agradecer publicamente as dezenas de recados que já recebi pelo orkut e e-mail. Primeiro, não sei como descobriram meus endereços eletrônicos, mas o fato é que não medem os elógios em relação a minha apresentação na última sexta-feira (16 de Abril) no Restaurante Mororó, durante o lançamento do livro Poetas Encantadores de Zé de Cazuza.
    Isso tece em mim um fio de esperança que a muito já tera se desfeito. Volto a acender a chama do entusiasmo das artes.
    A reciprocidade chega.
    O reconhecimento se constrói.
    E a alegria se instala em mim!
    Não sei a quem devo agradecer, primeiramente a Deus, que tem me ouvido com paciência e me "dado" sempre o que eu preciso, nunca o que eu quero.
    Depois, acho que devo a gradecer a Sr. Major e D. Lica (meus pais), pessoas que acreditaram e acreditam no que a "caçula" é capaz de fazer! Nunca vou esquecer os conselhos dos dois e as palavras de conforto quando tudo parecia perdido... Quando nem eu mesma acreditava mais em mim. A estes dois, meu infinito amor e gratidão, não apenas de filha, mas de ser humano.
    Depois, aos amigos que me dão empurrões, quando não quero "pegar no tranco", Inácia, em nome de todos. Uma das poucas que confia nas minhas idéias merabolantes, que participa de todas elas e ainda ri das minhas "presepadas" sem graça.

    Hoje a noite, dou o primeiro passo para a realização do meu maior sonho!

    Finalmente, chamada de professora, quando ainda caminho para tal.

    Milagres aconteceram, hoje, em minha vida. Sinais que minha luta não está sendo vã. Certeza de que as lágrimas de sofrimento transformar-se-ão em risos incontroláveis. E não é a modéstia que surge, mas a surpresa.

    Voltemos, pois, ao agradecimento aos "fãs" que nem eu mesma sabia que tinha : incansavelmente, meu "muito obrigada!" pelo carinho e incentivo. Nem eu sabia que declamava, ainda mais "tão bem" como vocês dizem. Devo esta descoberta a Iponax Vila Nova, presidente do Clube do Repente, que achou que era possível, sem mesmo ter escutado uma só palavra de minha boca. "Êta, confiança!", Mas deu certo! E o povo aplaudiu - mais - gostou. E agora eu tô toda "besta"... Na semântica mais verdadeira do sentido de "abobaiada".

    Se vai ter bis? Estou estudando...

    Valeu, gente! Por tudo.

    Aos poetas - antes ídolos, hoje - amigos, minha eterna admiração, humildemente!

Todos os Direitos Reservados para Clube do Repente
Desenvolvido por George Veríssimo
*